Chapecoense divulga relatório final de doações, com R$ 2,9 milhões

A Chapecoense divulgou a contabilidade das doações às vítimas do acidente aéreo com a delegação catarinense, em 29 de novembro de 2016, na viagem para a final da Copa Sul-Americana. Segundo o documento assinado pelo presidente do alviverde, Luiz Antônio Paladoro, e pelo vice administrativo, Ivan Tozzo, o clube recebeu R$ 2.977.360, montante gerado por doze meios.

As doações às vítimas da Chapecoense. Crédito: Chapecoense/reprodução

Entre os doadores nesses três meses, o Sport, que cedeu toda a renda bruta da partida que encerrou a campanha leonina no Brasileirão, na vitória por 2 x 0 sobre o Figueirense – quando garantiu a permanência na elite. Na ocasião, R$ 96.840. No geral, isso correspondeu a 3,2%. Além do Leão, o Palmeiras também se envolveu diretamente, através de um amistoso, marcando a volta da Chape aos gramados, já em janeiro de 2017. Segundo a nota, a maior colaboração foi do Jogo da Amizade, entre Brasil e Colômbia, com 1 milhão, ou 35,2%.

Além de prestar conta, informando o valor líquido de R$ 40.281 para cada família (são 68 ao todo, sendo 64 de vítimas fatais e 4 de sobreviventes), a Chape informa que “só receberá doações desta data em diante destinadas exclusivamente ao clube para sua reconstrução, evitando problemas contáveis e dúvidas a respeito”. Para isso, indica a associação das vítimas. De fato, (mais) uma decisão acertada da Chapecoense, voltando a caminhar só…

Diário de Pernambuco

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp