Chuva enfraquece sobre o Nordeste, mas nova frente fria avança nos próximos dias, mostra previsão

A passagem de uma frente fria sobre a Bahia no fim de semana estimulou a formação de fortes áreas de instabilidade sobre este estado, sobre o Maranhão e o Piauí, mas o tempo seco volta a predominar nos próximos dias.

As áreas de instabilidade já haviam enfraquecido muito no começo da manhã desta segunda-feira, 2. A frente fria que atingiu a região de Salvador se afasta cada vez mais do litoral baiano e a partir desta terça-feira não terá mais influência no Nordeste.

Uma nova frente fria deve chegar no fim da semana ao litoral sul da Bahia, mas não terá força para provocar tanta chuva como a frente fria que passou pelo estado no fim de semana.

Uma massa de ar seco ganha força novamente sobre o Nordeste esta a semana e o tempo seco vai predominar. Pouca chuva está sendo esperada para o Nordeste até o fim de novembro, como mostram os mapas abaixo com a estimativa do volume de chuva.

Chuva volumosa

A região de Pilão Arcado, no sertão baiano registrou mais de 137,8 mm entre 9h do dia 20 e 9h de 21 de novembro de 2016, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), superando a média histórica para novembro que é de aproximadamente 80 mm. Barra, acumulou cerca de 68 mm neste período e Remando, 48 mm.

Entre a noite do domingo, 20, e a madrugada desta segunda-feira, 21, ainda choveu muito no interior do Maranhão. A região de Grajaú acumulava quase 74 mm até 9h, pelo horário de Brasília.

Sobre o Grupo Climatempo

O Grupo Climatempo é a principal empresa privada de meteorologia do país. Fornece, atualmente, conteúdo para mais de 50 retransmissoras nacionais de televisão, para rádios de todo o Brasil e para os principais portais. Com cerca de dois mil clientes oferece conteúdo meteorológico estratégico para o setor de agricultura, moda e varejo, energia elétrica, construção civil, seguradoras e indústrias farmacêutica e de alimentos.

O Portal Climatempo transformou-se no veículo líder em visitação do país. É referência na divulgação de conteúdo que estimula a consulta diária de previsão do tempo. Classificado nos principais institutos de pesquisa entre os 30 sites mais visitados do país em língua portuguesa, é visitado por mais de 1, 5 milhão de usuários por dia, chegando a quase 3 milhões nas vésperas de feriados e durante fenômenos extremos de tempo e clima, com um crescimento anual na marca de 30%. O Grupo é presidido pelo meteorologista Carlos Magno que, com mais de 27 anos de carreira, foi um dos primeiros comunicadores da profissão no país.

Redação com Clima Tempo

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp