Cine Capitólio pode desabar, segundo inspeção da Defesa Civil

O Cine Capitólio foi inspecionado na manhã desta quinta-feira (26), pela Defesa Civil. A equipe constatou que o prédio corre risco iminente de cair, principalmente na parte que fica para o lado da Treze de Maio, na lateral da Praça Clementino Procópio. A área vizinha funciona como estacionamento e registra grande movimento de pessoas durante todo o dia.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Ruinter Sansão, o perigo já havia sido informado, mas agora o cenário de risco é ainda maior. “Existem impasses que estão retardando a resolução desta situação, mas nós estamos sempre avisando do risco e no cenário que encontramos hoje o perigo é ainda maior”, disse Ruinter Sanção.

Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba (Iphaep), o cine Capitólio, o assunto foi debatido durante audiência realizada a semana passada, na Promotoria do Meio Ambiente de Campina Grande, entre o Iphaep e a Prefeitura Municipal de Campina Grande.

A intervenção do Ministério Público atendeu à solicitação do Iphaep, responsável pela preservação histórica e patrimonial do bem, “que há anos permanece abandonado e sem perspectiva de requalificação”, explicou a diretora do Iphaep, Cassandra Figueiredo. “Na ocasião, nossa equipe apresentou propostas para que a PMCG possa efetivar o projeto de recuperação do Cine Capitólio”, completou.
Segundo a gestora, a solicitação junto ao Ministério Público Estadual ocorreu após diversas tentativas, sem sucesso, para que fosse efetivada uma reunião técnica, com o objetivo de que se apresente uma proposta de projeto que permita a revitalização do bem tombado. “A Promotoria do Meio Ambiente de Campina Grande, na pessoa do promotor José Eulâmpio, de forma célere e efetiva, convocou o governo municipal de Campina Grande, no sentido de que, sob a égide do Ministério Público, ocorresse essa audiência, com um único objetivo: promover os encaminhamentos necessários para que aconteça a preservação e requalificação do Cine Capitólio”, explicou Cassandra Figueiredo.O Cine Capitólio foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico do Estado da Paraíba, por meio do Decreto nº 20.905/2000. Também faz parte do perímetro de delimitação do Centro Histórico de Campina Grande, conforme o Decreto Estadual nº 25.139/2004. O proprietário do bem cultural é a Prefeitura Municipal de Campina Grande, que, segundo a lei patrimonial vigente no Estado da Paraíba, é o responsável por apresentar, junto ao Iphaep, um projeto de recuperação e requalificação do imóvel histórico.

O Cine-Theatro Capitólio foi considerado o maior e mais moderno do estado, possuindo uma das mais bonitas estruturas físicas (projetado por “Mestre Abílio”) e contando com mil lugares para acomodação de expectadores.

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp