Clube chama polícia ao ser impedido de entrar em estádio para disputar semifinal na PB

Duas determinações distintas e que se contradizem estão causando a maior confusão no futebol paraibano. O fato se potencializou após a equipe do Treze ter sido, segundo a assessoria de comunicação, impedida de entrar no Estádio Almeidão, para um jogo que estaria marcado para este domingo (18).

A assessoria de comunicação do clube de Campina Grande, alegou ter em mãos uma determinação, concedida pelo corregedor e presidente em exercício do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD), Paulo César Salomão Filho, garantindo que a realização da partida entre Botafogo-PB e Treze, fosse realizada neste domingo (18).

Apesar disso, a Federação Paraibana de Futebol (FPF), afirmou ter obedecido a decisão, segundo eles proferida pelo mesmo tribunal, que acabou anulando o efeito da liminar concedida pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol da Paraíba (TJDF-PB), na sexta-feira (16), que adiou para domingo (18) o confronto entre os clubes.

A direção do Estádio afirmou que a única partida, informada pela FPF para acontecer neste domingo (18), seria entre Auto Esporte e Desportiva Guarabira. A polícia foi acionada e os dirigentes do clube de Campina Grande cobraram uma explicação da FPF do não cumprimento da determinação judicial.

“Se uma explicação respaldada judicialmente não nos for dada, acionaremos o nosso setor jurídico para as medidas cabíveis”, afirmou Eliomar, membro da equipe de comunicação do Treze.

Em contato com o Portal T5, o assessora de imprensa da Federação Paraibana de Futebol, Geraldo Varela, afirmou que tudo o que o órgão fez foi cumprir as determinações do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (STJD). Ele negou que a entradas dos jogadores foi impedida, já que o jogo marcado era entre Auto Esporte e Desportiva Guarabira.

“Dois corpos não podem ocupar o mesmo espaço, a decisão deixa claro que a partida entre Botafogo-PB e Treze teria que ser remarcada”, declarou o representante da Federação.

Ele afirmou ainda que a nova data do confronto ainda vai ser decidida.

Por Carlos Rocha/PortalT5

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp