Com prefeito de Pocinhos cassado, quem pode assumir a prefeitura interinamente é o presidente da Câmara

A Justiça Eleitoral de Pocinhos cassou os mandatos do prefeito Cláudio Chaves Costa (PTB) e da vice Maísa Apolinário de Oliveira Costa (PMB) por compra de votos. O juiz eleitoral de Pocinhos Luiz Gonzaga Pereira de Melo Filho confirmou a sentença.

O prefeito continua no cargo até a decisão final do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Entretanto, se o TRE confirmar a cassação, o Presidente da Câmara Jorge Alberto (PP) pode assumir a prefeitura interinamente, até que sejam realizadas novas eleições, como ficou determinado pela justiça.

“A matéria continua sob apreciação da Justiça. Qualquer comentário é precipitação”, declarou Jorge Alberto.

Da Redação Paraíba Debate

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp