Comando de greve da UEPB vai decidir quais serviços serão mantidos

O presidente da Aduepb, Nelson Júnior, explicou que a greve foi decidida pelos professores em assembleia realizada nessa quinta-feira(6) e acrescentou que vai enviar uma notificação ao reitor da Universidade Estadual da Paraíba, Rangel Júnior, na manhã desta sexta-feira (7) comunicando a decisão da categoria.

“A greve está aprovada para começar no dia 12. Depois de muita luta e muita procura pelo diálogo, a greve foi a última alternativa” declarou em Rádio Caturité.

Júnior disse que o comando de greve vai discutir quais serviços serão mantidos e lembrou que, na greve de 2015, os alunos em conclusão de curso tiveram a oportunidade de apresentar o trabalho,e  ainda que o objetivo é manter  30% da universidade funcionando.

“Vamos sentar com o comando de greve para encontrar uma saída e construir uma greve onde possamos manter serviços e garantir o mínimo de funcionamento da universidade” salientou.

Redação com PB Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp