Comerciante é morta no centro de Campina na véspera do Natal

 

A empresária Célia Márcia Santos Cirne, 70 anos, proprietária da loja Brasil Atacado, localizado na rua João Pessoa, em Campina Grande, morreu na tarde desse sábado, 24, após sofrer um tiro na região da cabeça quando foi abordada por bandidos armados.

Ela deixava a loja pelo estacionamento localizado na rua Getúlio Vagas quando sofreu o disparo.

A vítima ainda foi socorrida pelo Samu para o hospital de Emergência e Trauma, mas não resistiu a gravidade do ferimento e morreu.

Ela era casada com o médico Valfredo Cirne e mãe do empresário Henrique Cirne, que atualmente está desenvolvendo empreendimento imobiliário na cidade.

Fonte: Paraíba Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp