Conta, Gota! – A coluna de Zé Gotinha está no ar.

Nos corredores da Assembleia Legislativa comenta-se que, após a decisão do deputado e ex-ministro Aguinaldo Ribeiro (PP) a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), ficou praticamente inviabilizada a candidatura da deputada Daniella Ribeiro (PP) à Prefeitura de Campina Grande.

Do governador Ricardo Coutinho: “A presidenta Dilma tinha e tem legitimidade por que ela foi eleita, mas ela não tinha mais governabilidade ontem provou isso! Já o vice-presidente (Michel Temer) não tem legitimidade e do ponto de vista da sociedade não terá governabilidade, nenhuma coisa nem outra, por uma razão simples: isso foi conduzido por pessoas que jamais podem falar em combate a corrupção”.

Além do PT, sindicalistas, membros de movimentos sociais, professores e estudantes universitários repudiaram a decisão do deputado Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) de votar pelo impedimento de Dilma. O parlamentar, no entanto, explica que seguiu a decisão do PMDB da Paraíba e do Diretório Nacional do partido.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), deve anunciar nos próximos dias os nomes do novo chefe de Gabinete e secretário de Cultura. Os cotados são, respectivamente, Leonam Quirino e o cantor Capilé.

O prefeitável Artur Bolinha (PPS) está debruçado, analisando as planilhas sobre a avaliação da população campinense em relação à gestão pública local e qualidade dos serviços públicos em todos os bairros.

Com o rompimento do PSD com o governo do PT, a partir do deputado federal Rômulo Gouveia, os tucanos campinenses procuram um novo padrinho para garantir recursos com vistas à conclusão das obras do complexo habitacional Aluísio Campos, no Ligeiro.

Ao completar a quarta plenária em Campina Grande, o deputado e prefeitável Adriano Galdino (PSB) já tem subsídios para seu programa de governo. A população se queixou da péssima prestação de serviços na saúde, educação e mobilidade urbana. “Campina precisa de ações efetivas e não de maquiagem. Vamos implantar nesta cidade o modelo do PSB que vem dado certo em todo Estado”, pontuou Adriano, na plenária do Monte Castelo.

O juiz Ricardo Freitas, relator da ação no Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB) contra o prefeito Luciano Cartaxo e a ex-secretária de Saúde de João Pessoa, Roseana Meira, pediu o arquivamento do processo movido pelo Ministério Público Eleitoral (MPE). Porém, a desembargadora Maria das Graças Morais Guedes pediu vistas do processo, que deve voltar à pauta do pleno da Corte até a o dia 5 de maio.

O presidente estadual do PPS e vice-prefeito de João Pessoa, Nonato Bandeira, vai anunciar nos próximos dias o apoio do partido à candidatura de João Azevedo (PSB) a prefeito de João Pessoa. Os dois já se reuniram e definiram os termos da aliança.

A Procuradoria da República abriu inquérito civil para apurar denúncia sobre a compra de combustíveis pelo gabinete do deputado federal Wellington Roberto (PR).

A Justiça Eleitoral citou por edital para prestar depoimento a ex-mulher de um vereador. Ela foi detida na última campanha eleitoral pela Polícia Federal distribuindo cestas básicas em Campina Grande.

Um falcão voando em direção ao jardim do girassol…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp