Conta, Gota! – A coluna de Zé Gotinha já está no ar

O PSB realiza plenária segunda-feira (14), a partir das 18 horas, na casa de festas INOVE (por trás da Câmara de Vereadores) com as presenças do pré-candidato a prefeito, Adriano Galdino, pré-candidatos a vereador, o governador Ricardo Coutinho, deputados, militantes e populares. Na ocasião, vários partidos da base do governo devem anunciar o apoio a Adriano.

Deu na coluna de Lauro Jardim, no Jornal do Globo: “Já começaram a sair as primeiras multas da Receita Federal para deputados, após a devassa fiscal pedida pela Lava-Jato. Dois deputados do PP investigados pela operação tiveram que pagar multas de R$ 30 mil cada após serem chamados a explicar a origem de depósitos não declarados de cerca de R$ 100 mil em suas contas”. Quem será?

E por falar no PP, o deputado federal Aguinaldo Ribeiro vai comandar o maior bloco parlamentar da Câmara dos Deputados , formado pelo PP, PTB, PSC e PHS. Ele estaria articulando o apoio deste bloco, em Campina Grande, à pré-candidatura de Daniella Ribeiro à prefeitura municipal. Na hipótese de a articulação se concretizar, vereadores desses partidos vão provocar uma grande debandada.

O deputado e prefeitável Veneziano Vital do Rêgo (PMDB) elegeu a saúde com um dos alvos da gestão atual em Campina Grande. “No mês de janeiro deste ano, 17 recém- nascidos prematuros faleceram no Instituto de Saúde Elpídio de Almeida(ISEA) por causa da falta de medicamentos”, detonou.

O pré-candidato à prefeitura de Campina Grande, Artur Bolinha (PPS), tem dito a cidade está sendo comandada por pessoas que administram, mas não fazem gestão. “Gerir uma cidade diz respeito a cuidar bem dos serviços prestados à sociedade no dia a dia. Ter a competência e a responsabilidade de trabalhar em função do equilíbrio fiscal”, afirma.

Ao conceder entrevista a uma emissora de rádio de Campina Grande, o prefeito Romero Rodrigues (PSDB), revelou que não participou de nenhuma manifestação contra a presidente Dilma Rousseff (PT) nem vai pra rua no próximo domingo. Vale lembrar que as principais obras de Campina são tocadas com recursos do governo federal e o tucano não quer briga com ninguém.

Passado um ano do início dos panelaços, a presidente Dilma Rousseff decidiu não fazer pronunciamento nesta terça-feira (8) em cadeia nacional de televisão e rádio pelo Dia da Mulher, como fez desde que chegou ao Palácio do Planalto. A petista fez uma homenagem apenas nas redes sociais -não foi decidido ainda se será feita em vídeo ou em mensagem.

O vereador de João Pessoa, Chico do Sindicato (PT do B), afirmou que permanece aliado do prefeito e afirma ter assinado o documento em apoio a instalação da CPI do Lixo por acreditar que Luciano Cartaxo (PSD) não tem nada a temer. A CPI tem como fundamento um relatório elaborado pela CGU que constatou irregularidades no valor total de R$ 9,5 milhões nas intervenções feitas na Lagoa do Parque Solon de Lucena.

O vereador Sargento Regis pode estar de malas prontas para deixar o PMN. Ele teme que  o seu partido não possa atingir o quociente eleitoral, cálculo para distribuição de cadeiras pelo sistema de representação proporcional.

A coluna deseja pronta recuperação ao presidente da Câmara de Pocinhos, Sóstenes Murilo, que se submeteu a um procedimento cirúrgico nesta terça-feira (8) no Hospital Antonio Targino.

A 2ª Câmara do Tribunal de Contas do Estado responsabilizou o ex-secretário de Finanças da Prefeitura Municipal de Campina Grande, Júlio Cesar de Arruda Câmara Cabral, solidariamente com o ex-diretor de Finanças, Rennan Trajano Farias, pela contabilização de pagamento, no valor de R$ 91,5 mil, em duplicidade.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp