Coordenador do São João de CG pede paciência e diz que todos os forrozeiros serão pagos

O coordenador do São João em Campina Grande, Temir Cabral, afirmou, durante entrevista , que o problema de falta de pagamento de alguns artistas participantes do evento em 2016 será solucionado, pois a procuradoria-geral do município encontrou uma solução para pagamento dos forrozeiros.

Resultado de imagem para Temir Cabral

Temir pediu paciência e disse que a prefeitura empenhou esforços para solucionar o problema. O pagamento seria efetuado pela empresa Aliance, mas não houve recurso suficiente para arcar com todas as despesas.

“Se a prefeitura não quisesse pagar os artistas não teria corrido atrás. Tem que ter paciência e todos os artistas irão receber. O prefeito já assumiu o caso tenha certeza que ele vai honrar todos esses cachês. Tivemos a atenção do prefeito e secretários. Os processos foram encaminhados para a procuradoria-geral e José Mariz fez todo o esforço para pagar como Reconhecimento de Dívida”, explicou ele.

Temir afirmou que o evento precisa de ajustes, rodízio de artistas e uma tabela de cachês.

“O São João é consolidado nacionalmente, mas é um evento que pertence a cidade de Campina Grande e toda medida que seja feita tem que ser feita em discussão com a cidade para melhoria. Não pode ficar só sobre a responsabilidade da prefeitura. Na hora de tocar, todo mundo quer tocar no Parque do Povo e a gente faz um esforço. Tem que haver rodízio de artistas, o cachê tem que ser ajustado em uma tabela, mas agora, o evento vai estar a cargo do prefeito. Terão que ser ajustados, a estrutura, o custo geral e captação de recursos”, disse o coordenador.

Temir Cabral foi coordenador do São João de 2016, agora aguarda um posicionamento de Romero se será mantido na função.

Redação com PB Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp