Cotado para vice de João Azevedo, Efraim afirma que não pode existir imposição

Efraim foi candidato ao Senado em 2010 e desde então se mantém na base do governador Ricardo Coutinho (PSB)

O presidente do Democratas da Paraíba, o ex-senador Efraim Morais, afirmou, nesta terça-feira (22), que não devem existir imposições por parte dos partidos para indicação de nomes que irão compor a chapa de João Azevedo, pré-candidato ao Governo do Estado. Efraim é lembrado para compor a chapa do PSB como candidato a vice representando o Sertão paraibano na chapa que já tem Azevedo com forte atuação em João Pessoa e Veneziano Vital, de Campina Grande, como primeiro nome para o Senado.

“Durante evento realizado em São Bento no último sábado, meu nome foi apresentado pelo partido para contribuir com a chapa. Se for escolhido, estarei junto neste processo, mas sem imposições. Defendo uma certa urgência entendimentos para a segunda vaga de senador, já a de vice precisa ser discutida com mais tempo, com todos os partidos. A intenção é deixar esse grupo cada vez mais forte”, disse.

Sobre o segundo senador dos socialistas, Efraim foi direto: “Tem que buscar alguém de lá [da oposição], é assim que se constrói alianças.”

Morais ainda reafirmou a força do pré-candidato do PSB. “João será oficializado nas convenções como candidato e será o próximo governador da Paraíba. Nenhum outro pré-candidato vem recebendo tantos adesões como João Azevedo”, garantiu.

Redação

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp