Covid-19: Estado divulga protocolo de orientações para funcionamento de hotéis

37
Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (20), o governo da Paraíba divulgou o protocolo sanitário com orientações para a retomada gradual das atividades econômicas no setor hoteleiro da Paraíba. A mediada faz parte do plano ‘Novo Normal Paraíba’, que contém estratégias para o enfrentamento e prevenção da pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Segundo o documento, os estabelecimentos do segmento devem estabelecer o distanciamento social com a delimitação de espaços para evitar a formação de filas e aglomerações. As áreas sociais só poderão ser usadas individualmente com agendamento prévio. Já as refeições serão entregues nos quartos para evitar contato e compartilhamento de objetos como pratos, copos e talheres.

Potes com álcool em gel 70% devem ser colocados em locais estratégicos e acessíveis dos hotéis, como o balcão da recepção. As revistas e jornais serão retirados, temporariamente, para evitar a contaminação. As janelas e portas de acesso aos ambientes em comum devem permanecer abertas para melhor circulação e ventilação do ar. A saúde de funcionários e hóspedes também deve passar por monitoramento. Os estabelecimentos devem possuir termômetro digital para medição da temperatura corporal; estabelecer uma área de isolamento para casos suspeitos de infecção pelo coronavírus e entrar em contato com os serviços de saúde para a realização de avaliações. Os hóspedes só entrarão nos locais se estiverem com máscaras.

De acordo coma a presidente da PBTur, Ruth Avelino, os protocolos são fundamentais para o setor. “O que vai nortear as viagens das pessoas, a partir de agora, são essas ações de biossegurança. São as famílias saberem que vão chegar no hotel, na van, num passeio, no avião, no ônibus, com a certeza de que não vão correr risco de pegar o coronavírus.”, destacou.

Também foram divulgados pelo governo da Paraíba os protocolos de estética e beleza; escolas e cursos de formação cultural, automotivos, comércio, call center, profissionais liberais, atividades físicas, infraestrutura, agroindústria e agropecuária e atividades religiosas. O plano “Novo Normal Paraíba” foi desenvolvido pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e pela Controladoria Geral do Estado (CGE). Os órgãos elaboraram o documento com base em indicadores como a quantidade percentual de novos casos, mortes, ocupação da rede hospitalar de cada região e percentual de isolamento social.

Redação Paraíba Debate com Informações G1PB

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp