Crise faz Romero reduzir salário dele e do vice; orgãos também terão horário de funcionamento reduzido

Foto: Codecom/CG

O prefeito Romero Rodrigues (PSDB), convocou uma entrevista coletiva para a manhã desta terça-feira, 01, para anunciar uma série de medidas de contenção de gastos. Uma das principais foi a redução do expediente das repartições públicas.

O decreto estabelece que os órgãos passem a funcionar de meio dia às 18h00.

Romero, que falou com os jornalistas no Palácio do Bispo, decretou também a redução do seu salário e do vice-prefeito, Ronaldo da Cunha Lima. O corte será de 40% sobre o vencimento, e vale até o próximo mês de dezembro.

Os cargos comissionados também foram atingidos e terão as gratificações reduzidas em 20%.

“Também está suspensa qualquer tipo de contratação de funcionários. Não poderemos ter nenhum acréscimo de pessoal neste momento. A crise é grave e se não tomarmos essas medidas, não vamos administrar bem”, declarou.

Ele também determinou que sejam feitos todos os esforços para conter gastos com luz, telefone, água, combustível, e outros.

Paraíba Debate com Política Mais Cedo

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp