Cunha cai em campo em busca de voto para Hugo Motta: “É como se fosse votar em mim”

A coluna ‘Painel’, do jornal Folha de S.Paulo, deu conta nesta quarta-feira (10) de que o presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB) tem trabalhado incessantemente para eleger o deputado federal paraibano Hugo Motta para líder do PMDB.

Segundo a coluna, no lugar de somente pedir votos para eleger seu afilhado político, o presidente da Casa pede votos para si mesmo. “É como se fosse votar em mim”, tem dito ele em conversas reservadas. Nos diálogos, costuma acrescentar: “Hugo unifica o partido e não tem qualquer compromisso de ficar contra o governo”.

Cunha tenta, de um lado, conforma a nota, furar a resistência de governistas à candidatura de Motta e, de outro, conquistar deputados que não temem a ideia de negar um pedido pessoal do presidente da Câmara.

Hugo Motta disputa a liderança do PMDB com o atual líder, Leonardo Picciani (PMDB-RJ). A eleição está prevista para acontecer no próximo dia 17.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp