Delegado afirma que jovem que cometeu suicídio deixou carta explicando o fato

Em contato com a imprensa patoense na manhã desta segunda-feira, dia 21 de novembro, o delegado Edson Pedrosa comentou o suicídio da estudante Mariane da Silva Ribeiro, de 18 anos, fato registrado por volta das 05h00m (cinco da manhã) de hoje em residência no Centro de Patos.

Lamentando profundamente o fato, Pedrosa afirmou que a jovem deixou uma carta, onde expressou algumas informações. Mariane teria afirmado que estava insatisfeita com a vida, e com o curso que fazia.

Outro fato que chamou a atenção, segundo o delegado, foi que a estudante teria externado o desejo de doar seus órgãos. Desejo impossível de ser realizado, devido às circunstâncias do ato.

Escute:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp