Depois de interdição, TJPB divulga nota falando sobre decisão

A Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba divulgou nota falando sobre a decisão do Ministério Público do Trabalho (MPT) de interditar o prédio do TJ.

A Presidência do Tribunal de Justiça da Paraíba informa que recebeu, na tarde desta quarta-feira (25), o Termo de Interdição n.º 4.014.632-4 do prédio do Palácio da Justiça, decorrente de procedimento de Auditoria Fiscal Trabalhista. Diante dessa situação, o presidente do TJPB, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, agendou reunião com o procurador do Trabalho Eduardo Varandas, a ser realizada nesta quinta-feira (26), às 15h30, na sede da Procuradoria do Ministério do Trabalho.

Visando resolver, com urgência, a situação, a Presidência agendou, também, uma reunião com todos os desembargadores, a ser realizada nesta sexta-feira, às 10h. Na oportunidade, as Gerências de Engenharia e Arquitetura do Tribunal apresentarão alternativas para atender ao disposto no Termo de Interdição.

Desembargador Joás de Brito Pereira Filho
Presidente

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp