Depois de nota do sindicato do interior gerar filas nos postos de Campina Grande, Docas e Sindipetro negam atraso de petroleiros e risco de desabastecimento

45

Diante da repercussão de informações imprecisas sobre a movimentação de navios petroleiros e desembarque de graneis líquidos no Porto de Cabedelo, a Companhia Docas da Paraíba (DOCAS/PB) esclareceu que vem esclarecer que a programação de movimentação de navios petroleiros no Porto de Cabedelo segue ocorrendo normalmente, com previsão de atracação do navio Celso Furtado para segunda-feira (23), quando serão descarregados mais de 14 mil toneladas de gasolina.

“Os quatro terminais de combustíveis do complexo portuário de Cabedelo, responsáveis pelo abastecimento dos 223 municípios da Paraíba, além de cidades do interior de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, possuem estoque suficiente para o prosseguimento normal da distribuição do referido insumo até o desembarque da nova carga.Eventuais regulações de estoque no armazenamento de graneis líquidos nos terminais de Cabedelo, com remanejamento de algum tipo de combustível de ou para outros centros de distribuição da região Nordeste via modal rodoviário, são expedientes considerados normais, a depender da demanda de cada localidade e de suas bases de abastecimento”, disse.

O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado, também se pronunciou e disse que houve um problema pontual de logística, mas que não compromete a distribuição regular de combustíveis

“Em virtude de um problema pontual de logística de algumas distribuidoras, o fluxo de distribuição ficou um pouco irregular nos últimos dias, afetando especialmente os postos de bandeira branca, contudo a situação já está sendo normalizada com a retomada da logística normal. É importante registrar que em virtude dessa situação, as distribuidoras têm privilegiado os postos bandeirados ou com contrato, contudo, confirme medidas já adotadas, a questão já está voltando ao estágio regular de distribuição e entrega dos produtos aos postos que não possuem contatos de exclusividade”, esclareceu.

E destacou: “Orientamos aos consumidores e a sociedade em geral que mantenham a rotina regular de abastecimento dos veículos, porque não há qualquer risco de desabastecimento”.

Leia mais
https://paraibadebate.com.br/nota-de-entidade-sobre-atraso-de-navio-de-combustivel-gera-receio-de-desabastecimento-e-filas-nos-postos-de-campina/

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp