Deputado Hugo Mota confirma sua saída do MDB para 10 de Março

De acordo com portais de notícias do Sertão paraibano, o deputado federal Hugo Mota deu como confirmada a sua saída do MDB para o dia 10 de Março. Segundo informações ele corre o risco de não se reeleger pelo coeficiente eleitoral caso permaneça na legenda, e essa data é o início do período de janela partidária, em que os detentores de cargos eletivos podem mudar de partido, sem correr o risco de ter o mandato cassado por infidelidade partidária.

Pessoas próximas alegam que a decisão de Hugo também é decorrente da insistência do Senador José Maranhão(MDB) sair candidato a governador, com possibilidade de se aliar a outros partidos de oposição no estado, a exemplo do PSDB.

Ainda não se sabe qual a legenda que o Mota vai entrar. A situação do deputado se agravou após os seus colegas de bancada paraibana na Câmara já traçar caminhos diferentes, como é o caso do ex-deputado e atual vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, e de Veneziano Vital do Rêgo, que possivelmente mudará de legenda, e André Amaral, primeiro suplente que assumiu o mandato após a renúncia de Manoel Júnior.

O pai de Hugo, o deputado estadual e ex-prefeito de Patos Nabor Wanderley, poderá tomar o mesmo rumo, já que ele ficaria apenas com Ricardo Marcelo e Raniery Paulino na disputa, com a possibilidade de que o MDB esse ano eleja apenas um deputado estadual pelo coeficiente eleitoral. As informações são do portal Sertão Total.

VEJA TAMBÉM

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp