Deputados criticam proposta que reduz representação da Paraíba na Câmara e atinge a AL

Plenário da Câmara (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

O Projeto de Lei (PL) que pode reduzir o número de deputados da Paraíba na Câmara dos Deputados e, por consequência, diminui o número de cadeiras na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) foi aprovado nessa quarta-feira (05) na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado repercutiu nesta quinta-feira (06) entre os deputados estaduais

O deputado estadual Raniery Paulino (PMDB) se declarou contra qualquer tipo de projeto que diminua a representatividade do Estado.  “Nós temos que discutir, inclusive, os custos dos parlamentos em todos os níveis, mas não podemos permitir que a Paraíba, onde talvez tenha a menor representação no Congresso Nacional, ainda tenha a mitigação quanto aos seus quadros”, declarou.

O deputado Branco Mendes (PEN) também criticou a proposta. “É um estudo feito com número de habitantes de cada Estado, é uma pena, a gente vê a redução de dois deputados federias e isso vai atingir automaticamente a Assembleia, já que, o número de deputado aqui é de acordo com o número de deputados no Congresso. Com certeza vai afetar muito nosso estado e os outros estados que estão perdendo deputados”, disse.

A proposta agora segue para votação no plenário do Senado. Sendo aprovada, a Paraíba perde dois deputado federais, passando de 12 para 10. Com a redução no Congresso, também deve haver diminuição na Assembleia, já que, o número de cadeiras na Casa Epitácio Pessoa é definido com base no número de deputados federais paraibanos, com isso o estado passaria de 36 a 30 deputados.

O Projeto de Lei do Senado (PLS) 315/2016, do senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), tem como base atualização da população de cada estado feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2015.

Redação com Blog do Gordinho

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp