Desafio da “Baleia Azul” teria grupo de whatsapp com a presença de paraibanos

Nas últimas semanas um dos assuntos mais comentados nas redes sociais é o Desafio da Baleia Azul, o suposto “jogo” tem como objetivo induzir o participante a se pendurar em sacadas de prédios ou assistir filmes de terror, chegando ao “grande final”, que seria o participante cometer suicídio. A prática foi responsável pela morte de aproximadamente 130 jovens na Rússia, aonde em uma das fases é exigido que o participante desenhe com um objeto cortante o animal que dá nome ao desafio.

 
Uma reportagem publicada no Jornal da Paraíba, na manhã desta quarta-feira(12), informou que o Centro Integrado de Operações Policiais (CIOP) alertou sobre a existência de uma página de rede social incentivando a prática em João Pessoa.

 
Segundo o coordenador do Ciop na Capital, Coronel Arnaldo Sobrinho, as denuncias chegaram a Polícia no último Domingo(9) e já está sendo apurado. “O nosso setor de inteligência já está apurando, e caso se confirme as práticas o caso vai ser encaminhado para a Polícia Civil ou Conselho Tutelar”, afirmou.

 

O Coronel acrescentou que tomou conhecimento que foi criado um grupo de whatsapp com cerca de 200 pessoas que estariam realizando o desafio, inclusive com a presença de alguns jovens paraibanos. “Uma aluna minha recebeu o convite, mas por ser um pouco mais madura , viu que não era coisa boa e saiu rapidamente. Ela me contou isso ontem”, salientou.

 
Sobrinho ainda diz que não confirma a existência de praticantes desse desafio na Paraíba, mas alerta que os pais devem estar atentos ao comportamento e conteúdo das redes sociais dos filhos. “Há um engano porque acham que é um aplicativo, um jogo, mas não é.O Desafio é repassado por meio de mensagens em grupos de whatsapp ou facebook”, detalhou.

 

O Coronel explicou que segundo o artigo 122 do Código de Direito Penal é crime instigar ou influenciar alguém a cometer suicídio, com pena de um a seis anos de prisão.

 

Redação com Jornal da Paraíba

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp