Deus mandou votar a favor de Temer, dizem deputados da bancada evangélica

Deputados da bancada evangélica fecharam apoio incondicional ao presidente Michel Temer (PMDB). Decidiram que Temer não deve ser processado e afirmam que a orientação para este posicionamento partiu de Deus.

A bancada votou a favor de Temer em troca de projetos que são de interesse dos parlamentares, mas eles dizem que foi Deus que mandou.

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica, o deputado Hidekazu Takayama (PSC-PR), deu a senha para os demais quando anunciou seu voto. Disseram que em oração veio a resposta que salvar Temer seria salvar o Brasil.

Como ele, votaram Silas Câmara, Victório Galli, Marcelo Aguiar, Marco Feliciano, Paulo Freire, Ezequiel Teixeira, Rosangela Gomes, Pastor Luciano Braga, deputado pastor João Campos, entre outros.

Santas emendas

Para barrar o prosseguimento da denúncia e garantir os votos necessários, Temer acabou direcionando bilhões de reais em emendas parlamentares da bancada evangélica. Essas liberações de dinheiro público ocorreram, segundo o jornal O Globo, até horas antes do início da votação, e nos últimos meses já contabiliza ao todo R$ 4 bilhões de reais, cerca de 64% do previsto para todo o ano de 2017.

Redação com Folha Brasil

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp