Dilma bate o martelo, rejeita Manoel Jr. e convida deputado do Piauí para a Saúde

A presidente Dilma Rousseff convidou o deputado Celso Pansera (PMDB-RJ) para ser o novo ministro de Ciência e Tecnologia. O deputado Marcelo Castro (PMDB-PI) recebeu o convite para ocupar o Ministério da Saúde. As conversas foram na noite desta quinta no Palácio do Planalto. Ambos aceitaram.

Pouco antes, Dilma tinha convidado o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, para a Ciência e Tecnologia. Fez muitos elogios a Padilha e disse que ele era o nome ideal para ocupar um posto que iria conviver diretamente com a academia. Padilha agradeceu, mas declinou. Disse que gostaria de dar continuidade ao trabalho na Aviação Civil.

Foi a partir do cenário que se formou com a recusa de Padilha que Dilma conversou com Pansera e Castro, que foram ao Planalto acompanhados do líder do partido na Câmara, deputado Leonardo Pìcciani (PMDB-RJ).

Marcelo Castro é médico e é um dos indicados pela bancada do PMDB na Câmara para ministro da Saúde.

Outro ministro do PMDB, Helder Barbalho, vai migrar da Pesca para a Secretaria de Portos, com status de ministério. Com isso, a pasta de Pesca será incorporada ao Ministério da Agricultura.

Com essas soluções, a presidente concluiu a negociação com o PMDB. Além de Pansera, Castro, Padilha e Barbalho, o partido continuará com os ministérios da Agricultura (Kátia Abreu), Minas e Energia (Eduardo Braga) e Turismo (Henrique Eduardo Alves).

As informações são do G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp