DISPUTA ACIRRADA: faltando menos de um ano para as eleições, PMCG terá muitos nomes para pleito de 2016

Foto: Imagem ilustativa

Muitas conversações e cenários se apresentam para a política de Campina Grande. Sempre se destacando como o pleito mais acirrado da Paraíba, o primeiro turno deve unir legendas nanicas em torno de alguns nomes e no segundo turno a polarização já é dada como certa.

A dúvida ainda é quem será o nome que vai compor chapa com o pré-candidato, o ex-prefeito, e deputado federal Veneziano Vital do Rego (PMDB). Ao que tudo indica, o nome será o do deputado estadual Adriano Galdino (PSB) que adiantou que apoia o cabeludo contra a reeleição de Romero Rodrigues (PSDB).

A deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) pode ser uma postulante, talvez a única representante feminina na disputa, a não ser, que Vené deixe o seu espaço para a sua esposa, Ana Cláudia. Ela pode ser vice, numa chapa com Galdino encabeçando.

Olímpio Rocha deve ser o nome do PSOL e o empresário Artur Bolinha (PPS) deve ser destaque também, após deixar o PSB e ter seu nome garantido na disputa.

O ex-deputado federal Walter Brito Neto, filiado recentemente ao Rede, pediu para ser o nome da legenda para 2016, mas ainda não foi aprovado.

Resta saber como as siglas vão se comportar para compor as alianças. O PSD pode lançar o vice de Romero com o vereador Pimentel Filho, mas Ronaldinho pode continuar com Romero, mas a chapa puro sangue não deve ser mantida.

PB Agora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp