Dnocs faz teste com intuito de levar água de Boqueirão para Acauã

Foto: Reprodução

O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs-PB) iniciou nesta sexta-feira (02) a fase de testes para abertura das válvulas dispersoras de água do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão) para o açude Argemiro de Figueiredo (Acauã). Segundo o técnico do Dnocs, Severino de Normando, as primeiras tentativas foram bem satisfatórias.

Ainda segundo o técnico, a data exata para a liberação das válvulas não está definida. Porém, a expectativa é que isto aconteça até o fim do mês de março. Toda o processo está sendo feito através de computadores.

O açude de Boqueirão vem recebido água do Rio São Francisco e tem capacidade para 411.686.287 metros cúbicos. Em medição feita nesta sexta-feira, o reservatório demonstrou volume atual de água de 50.620.075 metros cúbicos, equivalente a 12,30% da sua capacidade. Boqueirão abastece Campina Grande e mais 17 cidades.

Já o açude de Acauã tem capacidade para 253 milhões de metros cúbicos de água e demostrou em medição feita também nesta sexta um volume total de 7.857.236 metros cúbicos, o que representa apenas 3,11% de sua capacidade. Acauã abastece 14 cidades paraibanas.

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp