Durante posse, Romero promete uma escola integral e bilíngue por ano em CG

Em uma solenidade bastante prestigiada, o prefeito reeleito em Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), e o vice-prefeito Enivaldo Ribeiro (PP), tomaram posse como gestores do município, no fim da tarde deste domingo (1º). A solenidade aconteceu no Teatro Municipal Severino Cabral.

Romero Rodrigues (PSDB) foi reeleito prefeito de Campina Grande no primeiro turno com 62,85% dos votos válidos. Ele revelou algumas prioridades para a nova gestão e disse que tomou posse “como se fosse a primeira vez”.

“Queria destacar que vamos iniciar o ano letivo integral e bilíngue no Pedregal. Queremos implantar uma escola bilíngue na cidade a cada ano, tentando introduzir algo novo na administração municipal. Em relação à saúde, queremos nesse primeiro semestre, com recursos próprios, iniciar a construção do Hospital da Criança, que hoje funciona em local impróprio, improvisado. Vamos dar sequência às obras de infraestrutura, queremos nesses próximos quatro anos duplicar a meta de mais de 400 ruas pavimentadas, que foi alcançada nessa última gestão”, disse Romero.

O prefeito preferiu não anunciar os nomes dos secretários que vão compor a nova administração.

“Vamos manter a base do secretariado,  porque foi um modelo aprovado, não temos como fazer uma mudança drástica, radical. Vamos fazer um remanejamento, mudando peças do jogo, com foco também a atender os suplentes de vereador e partidos que se incorporaram à campanha”.

Para o prefeito, a crise ensinou a reduzir os gastos.

“Embora quatro anos depois, estamos administrando com orçamento menor que 2013. Tivemos que aprender com o modelo da crise, que não dependia de nós. Temos que fazer mais, com menos recursos”.

O vice-prefeito, Enivaldo Ribeiro elogiou o secretariado e disse que “Campina Grande vive sem Governo do Estado e sem água”.

“Lamento muito. O governador também ganhou com votos de Campina Grande e teria que ajudar. Temos que ter um trabalho responsável, para poder economizar e fazer gastos dentro do limite. Romero já faz isso bem, até porque já fez. Quem faz a prefeitura não é o prefeito só, com um secretariado bom, a gente faz um bom governo”, disse o vice-prefeito.

Ele também disse que tem bons contatos com o Congresso Nacional, principalmente através de seu filho, Agnaldo Ribeiro, o que pode beneficiar o município.

Redação com G1

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp