Eleita por unanimidade, Ivonete quer tempo para saber situação da CMCG, acomodar novos vereadores e convocar votação para o 2º biênio

A vereadora e presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD), disse, em entrevista na Rádio Correio, que quer tempo para saber situação financeira da CMCG, acomodar os novos vereadores e depois convocar votação para o 2º biênio.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé

“Nossa intensão era fazer a votação dos dois biênios ontem, porque acabaria a disputa pela presidência e daria passos para que a câmara trabalhasse sabendo como seria os dois períodos. Daria tranquilidade a Romero para saber quem seriam os presidentes, mas houve atropelo no regimento. Os colegas preferiram seguir o regimento e, na dúvida vamos postergar por mais uns dias a questão do 2º biênio. Estou pedindo só mais um tempo para que eu possa tomar pé da situação estrutural e acomodar os colegas vereadores e sua estrutura de gabinete, para que possa voltar para o ponto do 2º biênio”, explicou ela.

Ao ser questionada sobre decisões e possibilidade de cortes em termos de pessoal e financeiro, a vereadora disse que “não quer ultrapassar o limite o bom senso”. Ela lembrou que “passou a ser presidente apenas ontem”.

“Foi ontem que me tornei presidente da Câmara. Eu não me achava no direito de mexer nem fazer transição, já que saia de um companheiro para outro na Câmara.  A partir de hoje é que eu vou tomar pé da situação. A gente vai fazer tudo o que for na legalidade. Não vamos ultrapassar valores nem percentuais. Vamos respeitar a Lei de Responsabilidade Fiscal  e fazer com que não haja perseguições nem demissões, apenas ajustes”, afirmou Ludgério.

Desejo

Ivonete Ludgério, disse que seu desejo, como presidente é deixar a marca de que não há preconceito contra a mulher dentro da Casa de Félix Araújo e quer mostrar que o “Gênero é forte”.

“Meu primeiro desejo é mostrar que o nosso gênero é forte. Apesar de ser só uma mulher na câmara eu consegui apoio de 22 homens que provaram que não há preconceito em relação à mulher. Ele mostraram que são pessoas que avançaram no tempo. Quero deixar a marca da confiança e austeridade no legislativo, a força de trabalho, delicadeza e o espírito de fazer harmonia na casa”, relatou.

Ivonete está no quarto mandato.

Redação com PB Online

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp