Em biografia, Hebe Camargo revelou ter feito algo extremamente rejeitado por religiosos

A apresentadora Hebe Camargo ganhou uma biografia, após cinco anos de sua morte, pelo jornalista da Globo News e comentarista do Oscar Artur Xexéo. No livro, ele fez uma revelação importante sobre a apresentadora.

Ela admitiu que já fez um aborto por um motivo inusitado: a amante de seu namorado da época também estava grávida.

“Era uma coisa muito delicada esse filho ter uma irmã de um mesmo pai com outra mulher. A criança ia ficar com uma cabeça tão louca. Não aconselho. Acho que é uma coisa que cada um tem que saber o que deve fazer”, diz a apresentadora em uma parte do livro, segundo informações do jornal Agora São Paulo. Como se sabe, o aborto é algo polêmico que divide opiniões e altamente rejeitado por grupos religiosos.

Além disso, também na biografia, o filho da Hebe, Marcelo Capuano, contou como era o relacionamento da artista com Lélio Ravagnani, com quem foi casada por 27 anos. “No começo, a nossa relação era boa. Ele me tratava muito bem. Nunca pus empecilho algum ao relacionamento dos dois. Depois, não ficou boa por causa dos excessos de bebida. Havia muita gritaria e discussão na nossa casa. Ele era extremamente ciumento. Voltava alterado das noitadas e brigava com a minha mãe por causa de ciúmes. Insinuava que ela tinha dado muita atenção a alguém ou reclamava que alguém tinha dado muita atenção a ela. Eram madrugadas de confusão. E ele ficava violento”, declarou.

Redação com TV Foco

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp