Em plenária no Zepa, Adriano Galdino diz que é preciso acabar com humilhação aos pacientes do SUS

AG-ZEPA8

A plenária do PSB na noite desta terça-feira (12), em Campina Grande aconteceu no bairro do José Pinheiro, na quadra da escola de samba Bambas do Ritmo. Os moradores do tradicional bairro do Zepa lotaram o local e se somaram a outras pessoas vindas dos bairros vizinhos de Santo Antonio, Monte Castelo e Glória, entre outros. Para a maioria, saúde, segurança, educação e empregabilidade foram os principais pontos destacados. Na ocasião, o pré-candidato a prefeito de Campina, Adriano Galdino destacou a necessidade de se interromper a “caminha da vergonha”, que se constitui na peregrinação dos pacientes do SUS, para obter qualquer atendimento médico-hospitalar.

“Algumas pessoas que trabalham no setor de saúde pensam que as pessoas estão pedindo um favor, não percebem que a o direto a assistência à saúde é um direito de todos e precisa ser oferecido da melhor maneira possível. Não consigo entender a lógica de tanta demora e mau humor existente nesta área. Por mais que o sistema esteja comprometido e haja muitos problemas, mas parece que alguns agentes públicos conseguem tornar as coisas ainda mais difíceis para as pessoas carentes. E desta forma geram uma verdadeira caminhada e vaivém de pessoas que às vezes não tem o dinheiro da condição, quando aquela demanda poderia ser simplificada”, disse.

AG-ZEPA11

O pré-candidato também foi questionado pelos moradores Evandro e Rute sobre segurança e empregabilidade. Adriano explicou que a segurança pública deve ser uma preocupação compartilhada por todos os gestores e não algo isolado no qual se tenta transferir responsabilidades. Em relação a geração de emprego  e renda, ele disse que a cidade possui as ferramentas para retomar o crescimento e reduzir os índices de desemprego, através de políticas públicas voltadas para o fomento à geração de renda e valorização das vocações e talentos locais.

Na plenária desta terça, além das lideranças locais e dos pré-candidatos a vereador do PSB e dos partidos que já declararam adesão ao projeto socialista, Adriano Galdino contou com a presença do presidente municipal do PT do B, Inácio Falcão e do vice-presidente do PT de Campina Grande, Hermano Nepomuceno.

AG-ZEPA7

Em sua fala, Hermano lembrou as obras e equipamentos públicos que foram abandonados pela gestão municipal, a exemplo da Vila Olímpica Plínio Lemos e do restaurante popular e das cozinhas comunitárias, entre outros. Nepomuceno disse que a maioria das obras realizadas e em andamento atualmente em Campina Grande tiveram recursos garantidos pelo governo da presidente afastada Dilma Rousseff.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp