Em Pocinhos, escolas estão sem aulas e pais e alunos da zona rural dão viagem perdida

O clima de revolta entre pais e alunos no município de Pocinhos tomou conta durante toda esta segunda-feira(12), em virtude das aulas da rede municipal de ensino que não iniciaram conforme anunciado pela Secretária de Educação. No Colégio Padre Galvão, uma das principais unidades de ensino da cidade, pais e alunos se aglomeraram na frente dos portões buscando saber mais informações.

O fato é que o professores ainda tentam receber seus salários referentes ao mês de Dezembro de 2017, e com isso os professores paralisaram as atividades e ameaçam decretar greve por tempo indeterminado. Estudantes da zona rural foram para as escolas, na perspectiva de que estivessem ocorrendo as aulas, mas ao chegar nas escolas se depararam com a notícia de que as aulas estavam suspensas.

“Minha sobrinha toda arrumada para a aula chegou chorando. Não tem aula e nãoo tem explicação a justificativa desse secretario”, disse a mãe de uma aluna se referindo ao secretário de educação de Pocinhos, Júlio Cézar.

A nossa equipe ligou para o secretário, entretanto o mesmo se recusou a falar com a nossa reportagem.

Redação

 

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp