Enquanto a PB demonstra equilíbrio financeiro, secretário diz que PE ainda não tem dinheiro para pagar 13º

Enquanto o secretário de Planejamento e Gestão paraibano Tarsso Pessoa assegurou o pagamento da folha de pessoa em dia, a situação é bem diferente no vizinho Estado de Pernambuco.

“Nós não estamos ainda com todos os recursos garantidos para o pagamento do 13º desse ano. São mais de R$ 2 bilhões que precisamos ter para pagar até o fim do ano e esse esforço ainda está sendo feito”, disse.

O secretário de administração de Pernambuco, Milton Coelho, disse em entrevista à Rádio Jornal na manhã desta sexta-feira (04) que o Estado não reuniu valores suficientes para o pagamento do 13º salários dos servidores estaduais.Há um mês, o secretário do Planejamento e Gestão, Márcio Steffani, garantiu que os servidores do Estado iriam receber o 13º no final do ano. Na ocasião o Steffani justificou que se não ocorresse ”uma queda muito brusca na arrecadação” a quantia não seria paga.

Na entrevista desta sexta, Milton Coelho ainda afirmou que o governo está trabalhando, mais não está com todos os recursos garantidos para o pagamento do décimo este ano.

RC ASSEGURA PAGAMENTO: Mesmo enfrentando forte dificuldade por conta da queda no repasse por parte do Governo Federal, o governador paraibano Ricardo Coutinho (PSB) salientou que não está medindo esforços para pagar a folha do funcionalismo religiosamente em dia e disse que a Paraíba continuará a honrar os seus compromissos com os servidores públicos estaduais.

“Neste mês de outubro que terminou ontem (31) são duzentos e trinta e um milhões e quatrocentos mil reais de incremento e de impacto na economia, isso é algo para o Estado como a Paraíba extremamente relevante”, disse.

Coutinho relatou as dificuldades financeiras enfrentadas por grande parte dos governadores em todo o Brasil.

“É preciso reconhecer um pouco da atuação situação que paira o Brasil, a quantidade de Estados que não conseguem manter o pagamento da folha em dia. Tem Estados atrasados e que está pagando uma folha até o final do mês seguinte e nós até ontem com o esforço sobre-humano e com o compromisso muito forte estamos à capacidade de manter o pagamento do funcionalismo em dia”, enfatizou.


PB Agora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp