Ex-gerente do Mussulo é preso acusado de praticar golpes de R$ 2 milhões

Está preso em João Pessoa um homem acusado de praticar golpes no Resort  Mussulo by Mantra, localizado na Costa do Conde, litoral sul da Paraíba, quando trabalhava como gerente. O ex-gerente financeiro, um carioca de 47 anos, é acusado de solicitar notas fiscais a fornecedores do resort e as apresentava para justifica despesas que não existiam. O golpe pode ter causado um prejuízo de cerca de R$ 2 milhões.

O ex-gerente financeiro responderá pelos crimes de estelionato e associação criminosa, além de ter que ressarcir a empresa.

De acordo com o delegado que está à frente das investigações, Luiz Eduardo Montenegro, a direção do resort já havia detectado indícios do golpe por meio de uma auditoria interna. A contratação aconteceu em 2011 e os golpes teriam ocorrido até o ano passado, quando foi demitido por justa causa e houve o início das investigações, até a prisão.

O delegado informou ainda, que o acusado não agiu sozinho e que teve participação de pelo menos mais duas pessoas, mas que não se beneficiaram diretamente do dinheiro desviado. Ele também tem uma empresa, reside em um apartamento de luxo em Intermares e, por ser de outro Estado, as investigações serão ampliadas com apoio da Receita Federal. Montenegro revelou que os bens dele podem servir para ressarcimento ao resort.

Fonte: Turismo em Foco

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp