Ex-tesoureiro da PMCG engana CPI e não presta depoimento à PF

Foto: Reprodução/Campina FM

Não se confirmou o motivo alegado pelo ex-tesoureiro da Prefeitura Municipal de Campina Grande no Governo Veneziano, Rennan Trajano, para não prestar depoimento nesta segunda-feira à ´CPI do ex-tesoureiro´ da Câmara de Vereadores.

Rennan, que inspirou o nome da CPI, alegou que no mesmo horário definido pelos vereadores estaria prestando depoimento à Polícia Federal.

A reportagem da TV Paraíba constatou ´in loco´ que não havia nenhuma convocação na PF para a presença de Rennan em suas dependências.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp