FICHA SUJA: Cássio terá que pagar multa de R$ 100 mil no caso do Jornal A União

Foto: George Gianni/PSDB

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), manteve a decisão do Tribunal Eleitoral da Paraíba, que cassou os mandatos do ex-governador do estado, Cássio Cunha Lima (PSDB) e do ex-vice-governador José Lacerda Neto, sendo aplicada a pena de inelegibilidade pelo prazo de três anos, bem como a multa no valor de R$ 100 mil.

Cássio foi acusado de abuso de poder, uso indevido dos meios de comunicação e conduta vedada. Cássio, alegou em seu discurso, que o Jornal A União não teria potencialidades para influenciar nos resultados das eleições de 2006, a informação foi contestada pelo ministro Gilmar Mendes, que manteve a decisão.

Segundo o ministro, o jornal A União, além de custeado com dinheiro público, teve edição expressiva e farda distribuição em várias cidades do interior do estado, “Conduziu prejuízo na disputa e acarretou desiquilíbrio”.

A decisão do ministro Gilmar Mendes não implica na cassação de Cássio, mas sim, na aplicação da multa de R$ 100 mil.

A assessoria do senador não se manifestou.

Da redação

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp