Fotos revelam infiltrações, sucateamento e acúmulo de lixo no Isea

O Instituto Elpídio de Almeida, o ISEA, que já foi orgulho de Campina Grande, e premiado como maternidade amiga da criança pela Unesco na gestão passada, passa por severas dificuldades estruturais. Fotos tiradas ontem (28) por pacientes e postadas em grupos de redes sociais revelam infiltrações nas paredes, sucateamento de equipamentos em corredores e acumulo de lixo na maternidade.

isea3
A maternidade que serve a mais da metade da Paraíba vem sofrendo nos últimos anos sem manutenção e isso foi flagrado por pacientes que visitaram ontem a unidade. No mês passado médicos registraram pacientes dormindo no chão da unidade, por falta de macas.

isea2
A unidade também já foi denunciada por superfaturamento no fornecimento de alimentos. Desta vez as fotos revelam que a estrutura da unidade já estaria comprometida em vários pontos com infiltrações nas paredes, fiações elétricas expostas, equipamentos acumulados em corredores e diversos pontos da unidade com lixos acumulados, podendo causar danos a saúde dos pacientes.

Fonte:PBagora

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp