GREVE DOS CAMINHONEIROS: Temer diz que vai manter reajuste por 60 dias e anuncia outras medidas

Foto: Reprodução

Em pronunciamento na noite deste domingo (27)  o presidente da República Michel Temer anunciou uma série de medidas que atendem à pauta de reivindicações dos caminhoneiros que estão em greve há sete dias.

Temer prometeu zerar a Cide e o PIS/Cofins incidentes no preço do diesel, o que reduzirá seu valor em 46 centavos. O novo preço será mantido por 60 dias e, a partir daí, os reajustes do combustível serão mensais.

O presidente também vai editar três medidas provisórias: uma para acabar com a cobrança de pedágio sobre eixo suspenso, outra para garantir 30% dos fretes da Conab para esses profissionais e uma terceira para estabelecer a tabela mínima de frete.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp