Grupo suspeito de violar caixas eletrônicos na Paraíba é preso em João Pessoa

Uma operação coordenada pelos delegados do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Policia Civil, Àllan Terruel e Karina de Alencar Torres, prendeu nessa terça-feira (8) cinco pessoas suspeitas de integrar uma organização criminosa especializada em violação de caixas de autoatendimento bancário. As prisões foram realizadas nos bairros das Indústrias, Colinas do Sul, Jardim Planalto, em João Pessoa, e bairro Imaculada, em Bayeux.

O grupo foi descoberto durante investigações do Grupo de Operações Especiais que estava monitorando ações criminosas realizadas em João Pessoa e no interior do Estado. Com os suspeitos os policiais apreenderam um cilindro de oxigênio usado nos arrombamentos dos caixas eletrônicos, várias munições de calibre restrito, além de ferramentas e equipamentos usados na prática das ações criminosas.

Três dos cinco suspeitos confessaram a participação na quadrilha, Mayara Ingrit Araujo dos Santos, conhecida como Ana Claudia, Rousiclei Menezes Rodrigues, e Antonio Batista de Maria. “Além de confirmar que violaram caixas de autoatendimento bancários, eles ainda individualizaram suas responsabilidades nos eventos criminosos e indicaram os co-autores e partícipes vinculados à associação que também vão ser investigados”, disse o delegado do GOE Àllan Terruel.

Todos os investigados foram autuados por tentativa de roubo qualificado, associação criminosa e posse de munições de uso restrito. Depois de serem ouvidos, os suspeitos foram levados para o Instituto de Polícia Científica (IPC) de João Pessoa, onde foram submetidos ao exame de corpo de delito. As duas mulheres e os três homens estão recolhidos na carceragem da Central de Polícia no Geisel aguardando a audiência de custódia, que vai determinar se eles serão encaminhados para os Presídios da Capital ou liberados.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp