Homem debocha do auxílio de R$ 600, faz churrasco com o dinheiro e é preso

707
Imagem: Reprodução

Um vídeo que circula nas redes sociais, em que um homem debocha do auxílio emergencial recebido e faz um churrasco com o dinheiro, está sendo investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais. Segundo as autoridades, o jovem que aparece nas imagens é “conhecido no meio policial pela prática de diversos crimes”. Ele foi preso na última sexta-feira (1º).

Na gravação, filmada em Caratinga, na Zona da Mata, o homem agradece, ironicamente, ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo dinheiro do auxílio. A ajuda é destinada aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados durante a crise econômica imposta pela pandemia da Covid-19.

“Otário, mandou 600 reais para mim, nunca trabalhei na vida. Muito obrigado, Bolsonaro, comédia”, diz ele no vídeo. Um amigo, por trás das câmeras, também ironiza a situação e diz que o dinheiro foi usado para pagar o churrasco. Confira:

A Polícia Civil, após ter acesso ao vídeo, tomou conhecimento de um mandado de prisão expedido contra o homem pelo crime de tráfico de drogas. A corporação fez buscas pelo jovem nas cidades de Caratinga e Bom Jesus do Galho e, ao ser encontrado, ele foi preso.

O homem também é suspeito do crime de falsidade ideológica no preenchimento do cadastro para o recebimento do auxílio emergencial. “Em razão da atribuição legal, será oficiada à Polícia Federal, a qual compete a investigação, visto que o crime foi praticado em face da União”, diz o comunicado da Polícia.

Redação Paraíba Debate com informações do Portal BHAZ

ACESSE TAMBÉM:

Dupla usa dinheiro do auxílio emergencial para comprar moto e praticar crimes em Campina Grande

Compartilhar

Enquete

Você é CONTRA ou A FAVOR de encerrar a quarentena do COVID-19?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp