Hospital de Trauma em CG atendeu mais de 10 mil acidentados de moto em 2016

Foto: Reprodução/Internet

O diretor do Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, Geraldo Medeiros, lamentou o alto número de acidentes de trânsito e violência no país. Ele fez um balanço de atendimentos em 2016 e relatou que o hospital atendeu 10.244 vítimas de acidentes de moto e chamou o caso de “epidemia”.

Geraldo disse, durante entrevista à Rádio Correio, que observa um aumento gradual no número de homicídios e acidentes no trânsito. Segundo ele, 1/4 das mortes do mundo acontecem no Brasil, Colômbia, México e Venezuela. O Brasil também fica em 5º lugar no Ranking de pais mais violento do mundo.

“É uma epidemia no país e estamos perdendo a guerra. Ano a ano vai aumentando o número de vítimas, gerando um custeio enorme para a previdência e uma geração de sequelados”, disse o diretor.

Planos para 2017

Ainda durante a entrevista na Correio, Geraldo Medeiros afirmou que pretende, para 2017, manter o nível no atendimento e uma possível parceria com a Facisa.

“Pretendemos manter o nível de atendimento, buscar melhoria, através de reuniões com os profissionais, e uma parceria com a Facisa no sentido de assumirem uma enfermaria no Hospital de Trauma em parceria com o hospital. Assim haverá uma diminuição de custeio porque a enfermaria estará disponibilizada e será bancada pela Facisa”, disse ele.

Créditos ao Política mais cedo

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp