Inspeção descobre que prédio do TJPB corre risco de desabamentos

MPT-PB

Uma reunião nesta quarta-feira (18), vai discutir a possibilidade de interdição do prédio do Tribunal de Justiça da Paraiba (TJ-PB) que é antigo e tombado pelo Iphaep e pelo Iphan.  Durante inspeção realizada ontem à tarde pelo Ministério Público do Trabalho na Paraíba (MPT-PB) em parceria com o Ministério do Trabalho (MTb),  ficaram constatados vários problemas na estrutura do prédio e  riscos de acidentes e desabamento do teto.

A inspeção foi feita depois que o MPT recebeu uma denúncia de que o prédio da sede do TJ está com o teto comprometido e oferece risco de desabar e atingir servidores que trabalham no local. “O que nós verificamos foi uma completa vulnerabilidade da coberta da edificação do Palácio da Justiça, o que acarreta, inclusive, principalmente nesse período de chuva, graves riscos de desmoronamento ou desabamento”, informou o procurador do Trabalho Eduardo Varandas.

Também foram identificadas “gambiarras improvisadas” na parte elétrica e nos dutos de condicionamento de ar. “Então, a gente tem um temor enorme de riscos elétricos e de uma série de coisas que podem comprometer a vida”, acrescentou Varandas.

De acordo com o presidente do TJ, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, firmou que a gestão está ciente dos problemas estruturais da sede. Porém, explicou que ainda não conseguiu autorização dos órgãos do controle do patrimônio para fazer uma reforma, uma vez que o prédio é tombado.

 Com G1 PB
Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp