IRREGULARIDADE: Câmara de Campina ultrapassa limite da lei de responsabilidade fiscal

A Câmara Municipal de Campina Grande ultrapasse o limite da lei de Responsabilidade Fiscal(LRF), de acordo com um levantamento feito pelo portal Polêmica Paraíba. O Duodécimo de 2017 para o legislativo campinense foi de R$ 18 milhões, e R$ 1,5 milhões é destinado somente para o pagamento de folha de pessoal, valor esse que foi utilizado só no mês de Dezembro de 2017.

Segundo o Sagres a Câmara têm aproximadamente 369 funcionários em seu quadro ativo, entretanto apenas 10 servidores efetivos. Chega a causar espanto o número de contratados na Casa, cerca de 280 contratações por excepcional Interesse Público e 34 comissionados.O número de pessoas que estão trabalhando por indicações política no legislativo são 314 pessoas.

Redação

 

VEJA TAMBÉM

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp