Jornalista é agredido por diretora de hospital no interior da Paraíba

Um jornalista foi agredido na tarde desta segunda-feira, 9, por causa de uma matéria publicada na manhã de hoje, sobre um suposto caso de negligência médica no Hospital de Pocinhos. O jornalista, Paolloh Oliver disse que foi surpreendido com socos e pontapés pela diretora do hospital, Normilda Cavalcante, popularmente conhecida como “Branca”.

O profissional de imprensa foi ao hospital para colher informações sobre a morte de um idoso, registrada naquele centro de saúde na noite do último sábado (7) e familiares dizem que teria sido negligência da equipe médica de plantão.

Ao chegar no hospital, “Branca” teria se incomodado com a presença do jornalista e passou a agredi-lo com socos e pontapés. “Não acreditei no que estava acontecendo, a diretora me deu vários socos e chutes”, confirma Paolloh.

Ele conta ainda que sua equipe de reportagem também foi ameaçada e intimidade pelo chefe da Guarda Municipal, Walter Pitbull e por um integrante da Secretaria de Infraestrutura, identificado como Alessandro Coxinha.

Paolloh foi à Delegacia de Polícia Civil da cidade para registrar um Boletim de Ocorrência por lesão corporal.

 

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp