José Maranhão garante que o PMDB tem feito “gestos” para Gervásio Maia

Imagem: Maranhão / divulgação

O senador José Maranhão, presidente do Diretório Estadual do PMDB na Paraíba, parece disposto a não dar muita importância às insatisfações do deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB).

Depois de declarar que a “política é dinâmica”, para justificar o motivo de Gervásio Maia não ter assumido o comando do partido em João Pessoa, José Maranhão declarou que o deputado assumirá a presidência da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) devido ao acordo prévio feito pelo PMDB.

“Vale lembrar também que foi o partido que colocou Gervasinho para o segundo mandato na Assembleia. Se ele não compareceu (à convenção), o problema é dele. Mas ele tem recebido gestos da militância, dos parlamentares e do próprio partido”, observou José Maranhão em alusão à ausência de Gervásio Maia na convenção realizada pela legenda no último sábado (30), em João Pessoa.

José Maranhão destacou que a composição da nova Executiva Estadual do partido envolve todos os deputados da bancada paraibana, mesmo os que não compareceram à convenção, a exemplo de Gervásio Maia. “A avaliação quem vai fazer é o povo da Paraíba. No nosso gesto de democracia, o PMDB colocou todos os deputados na composição da Executiva Estadual”, disse o senador.

Rota de colisão

As divergências envolvendo Gervásio Maia e a cúpula do PMDB paraibano começaram depois que o deputado federal Manoel Júnior ignorou o acordo firmado anos atrás de promover um rodízio no comando do Diretório Municipal de João Pessoa.

Para acentuar a crise, Gervásio Maia denunciou que alguns aliados seus que não votaram no senador José Maranhão em 2014 estavam sendo afastados do partido no interior do Estado.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp