Juiz solta travesti presa por esfaquear ex-jogador do Botafogo, Warley Santos

O homossexual Victor Coelho, 26 anos, conhecida como ‘Vitória’, vai responder pelo crime de latrocínio tentado contra o ex-jogador e gerente de futebol do Botafogo-PB, Warley, em liberdade. Nesta quarta-feira (31), ele foi solto na audiência de custódia por determinação do juiz Adilson Fabrício.

Victor foi preso nessa terça-feira (30) após ter sido encontrado com o celular do jogador. O delegado responsável pelo caso, Diego Garcia, alegou que o travesti cometeu crimes quando subtraiu o telefone celular e agrediu fisicamente Warley com golpes de arma branca.

“No que pesa as declarações dele que foi vítima primeiro do Warley que não quis pagar o programa e começou a o agredir isso não lhe dá o direito de passar algum tempo e voltar e agredir a vítima daquela maneira como ela foi agredida. Muito menos o de subtrair o seu aparelho celular”, destacou o delegado.

O delegado revelou ainda que amanhã, quinta-feira (01), deverá ouvir outras supostas vítimas do travesti que tem procurado a delegacia para denunciar casos semelhantes ao envolvendo o jogador Warley. “Duas vítimas nos constataram dizendo serem vítimas dos mesmos crimes nos mesmos modus operandi”, destacou.

O delegado descarta criminalização a Waley dentro do processo que investiga a tentativa de latrocínio. Segundo ele, o ex-jogador pode ser punido por embriaguez ao volante, mas que isso só deve acontecer em outro procedimento.

Entenda o caso:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp