Justiça recebe AIJE que pede a cassação de mandato de prefeito eleito na Paraíba

A justiça eleitoral da 66ª Zona de Piancó recebeu esta semana uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), que pede a cassação do mandato do prefeito eleito de Nova Olinda, Diogo Richelle (PSDB).
75f561515f797d623e
O eleito é acusado de prática de abuso do poder econômico por parte da prefeitura municipal, durante a campanha eleitoral deste anos, pois teve o apoio da atual prefeita do município Maria do Carmo Silva (PSDB).
A ação foi protocolada pela coligação “Unidos por Nova Olinda”, que teve como candidato Sebastião Carlos de Lima (Tião de João Carlos – PSB), que perdeu as eleições por uma diferença de 188 votos.

Na Aije, a coligação cita nomeações de prestação de serviços feitas pela prefeita, supostamente para beneficiar a campanha do apadrinhado político.
A Aije pede a anulação do pleito de 2016 no município de Nova Olinda, os advogados Bruno Nóbrega e Júnior Gonzaga, relacionam uma série de nomes de contratações em período proibitivo.
Maria do Carmo perdeu o mandato em 07 de Julho deste ano, mas conseguiu liminar e continua comandando o município.
Diplomação
A juíza Aristana Kelly agendou a diplomação dos eleitos, prefeito, vice-prefeito, vereadores e suplentes para 14 de dezembro, segundo informações do cartório eleitoral. A solenidade ocorrerá na cidade de Santana dos Garrotes.
O outro lado
A reportagem tentou ouvir a assessoria da prefeita, porém sem sucesso, entretanto deixamos o espaço aberto caso queira se pronunciar sobre o caso. Já o advogado do eleito, Marcílio Batista disse qua ainda não foi notificado, mas adiantou que as supostas contratções alegadas pela coligação não existem.
Créditos do portal ConceiçãoPB Online
Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp