Leonardo Gadelha assume a presidência do INSS no governo de Michel Temer

Imagem: divulgação

O governo do presidente em exercício Michel Temer (PMDB) exonerou hoje (24) a presidente e os cinco diretores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), agora vinculado ao Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. O indicado do PSC para ocupar o cargo, Leonardo Gadelha foi nomeado em decreto publicado no Diário Oficial da União.

Elisete Berchiol da Silva Iwai, que estava à frente do órgão desde janeiro de 2015, será substituída pelo ex-deputado paraibano.

As respectivas portarias de exoneração também estão publicadas no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-­feira. Os documentos são assinados pelo ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp