Lewandowski afirma que juízes não devem ter vergonha de pedir aumento salarial

Em discurso na abertura do encontro nacional dos magistrados estaduais, realizado nesta quinta-feira (3), o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Ricardo Lewandowski defendeu que os juízes do país não tenham vergonha de reivindicar reajustes salariais. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

No evento, realizado em Porto Seguro (BA), o ministro do STF, ao falar sobre as perdas salariais dos juízes, disse que “não há vergonha nenhuma nisso, porque os juízes, no fundo, são trabalhadores como outros quaisquer, e têm seus vencimentos corroídos pela inflação”.

“Condomínio aumenta, IPTU aumenta, a escola aumenta, a gasolina aumenta, o supermercado aumenta, e o salário do juiz não aumenta? E reivindicar é feio? É antissocial isso? Absolutamente, não.”

Após aplausos, o ministro completou, “para que possamos prestar um serviço digno, é preciso que tenhamos condições de trabalho dignas e vencimentos condizentes com o valor do serviço que prestamos para a sociedade brasileira”.

Lewandowski também defendeu a aprovação da PEC (Projeto de Emenda à Constituição) nº 63/2013, que prevê a criação de um adicional por tempo de serviço aos magistrados. O evento deste ano conta com a participação de cerca de 700 juízes e vai até sábado (5).

Áudio vazado, governo Dilma e Supremo

Em áudio divulgado em abril, que revelava conversa entre o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, e o presidente do Senado, Renan Calheiros, Lewandowski foi citado diretamente por Renan, falando sobre o governo Dilma e sua relação com o Judiciário.

“Não negociam porque todos estão putos com ela [Dilma Rousseff]. […] Aí ela disse: ‘Renan, eu recebi aqui o Lewandowski, querendo conversar um pouco sobre uma saída para o Brasil, sobre as dificuldades, sobre a necessidade de conter o Supremo como guardião da Constituição. O Lewandowski só veio falar de aumento, isso é uma coisa inacreditável’.”

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp