Lira considera natural ‘torcida’ para Maranhão presidir Senado, mas reforça apoio a Eunício

Lira deixou recentemente o MDB de Maranhão para compor com Lucélio Cartaxo (PV) pelo PSD

O senador Raimundo Lira (PMDB) achou natural a declaração dada pelo senador Álvaro Dias (PV/PR), na última sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ), que tem o senador José Maranhão (PMDB) na presidência. Na ocasião, ele lançou o nome de Maranhão para presidir o Senado no próximo biênio de 2017 e 2018.

“Eu vejo com naturalidade. O senador José Maranhão é um senador respeitado, tem uma história política muito densa e, portanto, indiscutivelmente mereceu a citação do senador Álvaro Dias”, disse.

Apesar de ressaltar a trajetória política Maranhão, Lira reforçou que mesmo o colega de partido vindo a disputar a presidência do Senado, ele não teria seu apoio. Lira justificou que já está compromissado com o senador Eunício Oliveira (PMDB/CE) desde de 2015.

“O que eu posso dizer, já disse e reconfirmar é que já tenho compromisso de votar no senador Eunício Oliveira desde 2015”, declarou.

O senador paranaense, nessa quarta-feira (14), agradeceu e elogiou a condução de Maranhão à frente da CCJ e declarou seu apoio a ele, caso o peemedebista venha a concorrer à eleição da presidência da Mesa Diretora do Senado que acontece em fevereiro do próximo ano.

“Vossa Excelência agiu sempre com parcimônia, com imparcialidade, com inteligência e com muita elegância. Por isso, o nosso agradecimento e os nossos cumprimentos. Eu não tenho nenhuma dúvida em afirmar, Presidente, José Maranhão: Vossa Excelência ficaria muito bem na cadeira de Presidente do Senado Federal a partir de fevereiro do próximo ano. Teria o nosso voto e o nosso apoio”, disse.

Redação com Blog do Gordinho

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp