Lira nega que desistência se deu por resultados negativos em pesquisas: “Estava em primeiro lugar no Sertão”

Lira foi filiado ao MDB até abril deste ano, logo em seguida migrou para o PSD

O senador Raimundo Lira (PSD) comentou no início desta terça-feira (19), sobre a decisão que tomou no último final de semana de não mais disputar a reeleição. Segundo o parlamentar, após a morte do deputado Rômulo Gouveia ele refletiu sobre seu futuro político.

“Disseram que eu não estava bem nas pesquisas, obviamente que com o empenho dos prefeitos de nossa base iria ocupar melhores posições. No Sertão, por exemplo, meu nome estava em primeiro lugar, quando chegávamos em Campina Grande e em João Pessoa passava para 3º lugar, mas com perspectivas de crescimento, ou seja, não tivemos problemas com isso. Depois da morte do amigo Rômulo comecei a refletir sobre a possibilidade de ter uma vida mais tranquila, mais simples e junto com minha família tomei essa decisão. Não houve conspiração, nem traição de ninguém. Irei cumprir este mandato que ainda dura 7 meses e ajudar os prefeitos”, disse.

Lira ainda falou se participará ou não do pleito deste ano e se pretende aderir a outras candidaturas: “Vou participar das eleições de forma discreta, afinal não serei candidato. Não penso em mudar de posição, mas pode haver alterações ao longo deste processo”, afirmou o senador que disputaria, até então, a reeleição na chapa de Lucélio Cartaxo (PV).

Redação

Veja também:

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp