Luiz Couto participa de homenagem a Padre João Maria Cauchi

Uma sessão solene muito prestigiada na Assembleia Legislativa da Paraíba marcou, na tarde desta quinta-feira, 16 de novembro, a entrega da Medalha Dom Helder Câmara ao padre João Maria Cauchi, nascido em uma das ilhas de Malta, no Mediterrâneo, mas radicado na Paraíba há mais de 50 anos. A propositura, do deputado Frei Anastácio, teve o objetivo de reconhecer o trabalho do homenageado na luta e defesa dos direitos dos trabalhadores rurais da Paraíba. O deputado federal Luiz Couto (PT) prestigiou a concessão da honraria e falou sobre a importância de Padre João para os movimentos sociais da Paraíba.

“Esse é um momento muito importante. É uma homenagem mais do que justa para um homem que dedicou toda sua vida a serviço de uma grande tarefa que é a de ajudar os oprimidos, os escravizados, os excluídos e aqueles que eram vítimas da violência no campo e na cidade. Ele se colocou a serviço de todo esse povo, sendo missionário da liberdade e da reforma agrária, defendendo o que a nossa Constituição prega, já que ela diz que a função do Estado é garantir a dignidade das pessoas”, definiu Couto, um grande admirador do Padre João e também do religioso que dá nome à medalha: Dom Helder Câmara.

Também participaram da sessão solene o padre Alex Cauchi, sobrinho do homenageado; a coordenadora estadual da Comissão Pastoral da Terra (CPT), Tânia Maria de Sousa e a representante da reitoria da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), professora Wilma Martins, além representantes e membros de organizações e entidades ligadas aos trabalhadores rurais da Paraíba.

Natural da cidade de Gozo, em Malta, João Maria Cauchi nasceu em 1942 e estudou no Seminário Menor e Maior do Coração de Jesus, na Ilha de Gozo-Malta. Em 1963, chegou ao Brasil e estudou no Instituto de Teologia do Recife,  criado por Dom Helder Pessoa Câmara. Em 1967, foi o primeiro padre ordenado por Dom José Maria Pires na Catedral Basílica Nossa Senhora das Neves, em João Pessoa, tendo a primeira paróquia no município de Serraria. Durante a trajetória sacerdotal, João Maria Cauchi chegou a atender as cidades Itabaiana, Mogeiro, Ingá, Gurinhém e Pedras de Fogo, nomeado posteriormente Pároco de São Miguel de Taipu. Foi ainda, um dos fundadores da Comissão Pastoral da Terra na Paraíba.

Ascom

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp