Maranhão diz que não romperá aliança que decidiu eleição de Ricardo Coutinho

Imagem: Maranhão / divulgação

Após emitir uma nota no início desta quarta-feira (30), o senador José Maranhão voltou a comentar a celeuma gerada por conta de uma nota oficial do estado que responsabiliza o governo do peemedebista por um déficit orçamentário no valor de R$ 411 milhões e por débitos que somam mais de R$ 1 bilhão.

O parlamentar voltou a se queixar da falta de habilidade da assessoria de imprensa do governador Ricardo Coutinho (PSB) e garantiu que a aliança entre os dois partidos está mantida.

“Foi uma inabilidade e uma falta de respeito aos fatos. Nós não vamos renunciar a uma aliança que se formou na eleição de governador que decidiu a eleição de Ricardo Coutinho. Eu atribuo esse fato à incompetência, à inabilidade da assessoria de imprensa do que ao governo como um todo”, disse.

Ele ainda resolveu não prolongar mais as discussões sobre o assunto ao considerar o fato como requentado.

“Foi um equívoco intencional da Assessoria de Imprensa do governador, mas o que eu tinha de falar sobre esse assunto, eu já falei. Aliás, é um assunto requentado, pois desde a posse do governador Ricardo Coutinho, tanto eu, quanto os integrantes do meu governo deram explicações ao povo da Paraíba”, finalizou.

Redação

Compartilhar

Enquete

Você concorda com a volta às aulas presenciais este ano?

Cotações

  • Dólar Turismo
  • Libra
  • Peso Arg.
  • Bitcoin

Denuncie pelo WhatsApp